O dia foi 19 de março de 2009 e o lugar é qualquer Escola do Município do Rio de Janeiro. 

As salas de aula lotadas, alunos e professores ansiosos. Pela primeira vez, em muitos anos vejo alguma preocupação e seriedade em alguma avaliação feita dentro de uma escola da rede. 

Os alunos fazem a prova e os professores recolhem. A prova ( ou Provão como foi apelidada) foi corrigida e tabulada. Alguns meninos foram muito bem ( alívio). Outros nem souberam escrever seu nome ( pânico).

Some-se neste cenário, a parte política-partidária que não aceito. O SEPE ( sindicato dos professores) criou uma campanha : Vestir no dia do Provão camisas pretas em protesto a falta de autonomia em sala de aula, a correção do provão,… entre outros. Agora, estão falando em greve!

Que vergonha ! Algumas perguntas ficam no ar:

Por que ninguém ficou de preto quando viu os meninos chegarem ao 6o ano (5a série) sem saber escrever seu próprio nome ? Será que é normal! Será que não importa! O que importa é o salário e a suposta autonomia ? ( Não que o salário não importe, mas não se preocupar com esses casos é covardia).

Que autonomia pedagógica é essa ? É essa autonomia que permitiu alguns professores fingirem que estão ensinando. Encabelando o aluno, permitindo que ele passe sem aprender .. é essa autonomia que queremos ? Ou é melhor ter alguma orientação? Eu não perdi a minha autonomia !

Onde estavam os que querem se vestir de preto, quando houve a aprovação automática na rede carioca ? Essa eu sei: uma parte destes ” professores” ( alguns eu conheço e nunca pisaram em uma sala de aula) estavam no governo passado e eram a favor da aprovação automática. E agora ? São contra o óbvio: que o aluno aprenda!

Isso é uma piada ! Piada de mal gosto, pois os alunos são os perdedores. São eles que estão agora no 9o ano ( 8a série) totalmente analfabetos funcionais – leem e não entendem o que leram. São os pais deles que pediram para que os filhos permanecessem  nos anos que estavam,e, não foram atendidos. São esses que perdem! São eles que deveriam estar de preto.

O luto deveria ser pelo analfabeto funcional, pelo menino que chega em um 9o ano sem saber o que é porcentagem, pela criança que não sabe copiar o nome de sua escola no quadro e pelos pais que veem isso tudo sem ao menos poder fazer nada.

Me revolta isso tudo. E espero que afinal, consigamos fazer algo por esses meninos. A minha parte estou fazendo! Espero que a Secretaria Municipal de Eucação faça a sua parte e não perca de vista a ideia de recuperar essa garotada!

 



Name (obrigatório)

Email (obrigatório)

Website

Speak your mind